Você, com certeza, já sabe a importância do Marketing Digital para os seus negócios. Por isso, pode ficar um pouco confuso na hora de escolher algumas estratégias ou até mesmo com nomenclaturas. Para te ajudar, vamos explicar a diferença entre tráfego pago e orgânico e qual você deve escolher.

Antes de mais nada, nosso objetivo é aprofundar a explicação sobre as diferenças de resultado entre as duas modalidades. Vamos te contar de forma resumida o que é cada estratégia de tráfego.

Primeiramente, vamos começar pelo básico: qual a diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico?

O que é tráfego pago?

O nome é bem explicativo, é necessário pagar, ou seja, um investimento direto para vincular e entregar sua campanha ao usuário. Seja no Google Adwords, Facebook Ads ou Instagram Ads.

Você precisa ter em mente que um grande investimento em tráfego, não te isenta de estruturar um site de qualidade, criar um relacionamento estratégico com os consumidores e por aí vai.

VEJA TAMBÉM: 8 blogs sobre Marketing para você conhecer

Ter um tráfego grande é sinônimo de muitas visitas, mas para converter isso em vendas, você precisar ter qualidade no que oferece ao público.

Outra vantagem do tráfego pago, principalmente nas redes sociais, é a segmentação, ou seja, você pode escolher o gênero, localização, faixa etária de quem será impactado pelo seu anúncio.

Além disso, com o tráfego pago você acessa métricas mais exatas e, dessa forma, consegue mensurar os resultados com mais exatidão.

O que é tráfego orgânico?

Em resumo, tráfego orgânico são os consumidores que acessam o seu site sem investimento direto, como campanhas ou links patrocinados. Existem diversas estratégias para aumentar o seu tráfego orgânico, por exemplo, otimizar o SEO e alimentar um blog com conteúdo relevante e de interesse para o seu público.

LEIA MAIS: Como criar conteúdo relevante para o seu público

Outa vantagem é que com o tráfego orgânico, seu site pode receber visitas a qualquer momento, enquanto que, no tráfego pago, você precisa manter um anúncio no ar.

Qual escolher?

Você já percebeu que as duas categorias de tráfego podem ser usadas com objetivos diferentes, mas sempre com o foco do sucesso do seu site. Por isso, não existe uma escolha certa ou errada, mas sim a opção que mais se adequa ao objetivo daquele momento.

Na verdade, você pode e deve escolher as duas opções e garantir que seu site esteja sempre preparado para receber consumidores que vão se converter em clientes. Além disso, pense também na importância da experiência do usuário e como criar conteúdo relevante ao seu público.

Quer mais dicas sobre tráfego, empreendedorismo e tudo que há de bom? Clique aqui e converse com a nossa equipe especializada em negócios digitais. Nos siga também no Instagram e confira dicas diárias que postamos lá. Com certeza sua empresa vai agradecer! 😃

 

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Experts em colocar o seu projeto para voar!

Fale com a Tucano

Nos acompanhe:

Create your account